m a r i a  m a t t o s

Rio de Janeiro, 1968

Com trabalhos em vídeo, fotografia, instalações e performances, Maria cria cenários em espaços aparentemente reduzidos, como índice de uma cartografia pessoal. Atraída para o seu próprio arquivo de memórias, a artista se apropria de inúmeros objetos de desejo, como lonas plásticas, lanternas, lâmpadas e brinquedos, que reunidos transformam-se em narrativas visuais, em uma espécie de recomposição poética.

 

Na compressão e na expansão dos espaços, encena-se relações simbólicas com o mundo exterior na tentativa de rastreamento da "fonte" dos seus cenários. É visto em sua obra o resultado de um percurso interno em que na busca pelo acesso a si mesma a artista tenciona sua reinvenção.

 

obras

 

exposições

IMG_4844.jpg

a queda 

Exposição coletiva

novembro/2017

Na queda é preciso olhar para o obscuro, para o mais profundo, para conseguir ver além. O 
desencanto pede recolhimento e introspecção; mas é também momento de subversão e 
revolta. Esse estado é fruto das escolhas assumidas no trajeto, da opção pela perda da 
inocência, e não devido ao rumo dos acontecimentos. 

Ivair Reinaldim, curador

Galeria Movimento Arte Contemporânea

Av. Atlântica, 4240 | 212-213 | 22070-002

Copacabana | Rio de Janeiro, RJ

Telefone 21 2267-5989

WhatsApp 21 97114-3641

contato@galeriamovimento.com

Horário

Terça a Sexta - 11h às 19h

Sábado - 12h às 18h

Redes Sociais

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 Galeria Movimento All rights reserved