T O Z

Salvador, 1976

Seu trabalho, formalizado basicamente em pintura, é pensado a partir de momentos diferentes que retratam a sua vida, escrevendo uma história inspirada no cotidiano. Transita entre materiais como tinta a óleo e spray, tanto nas ruas como nas galerias, tendo como principal temática a criação de personagens autobiográficos.

 

Em sua fase abstrata marcada pela ação gestual, o artista cobre seus emblemáticos personagens com massa corrida, e através de riscos revela camadas coloridas, fazendo alusão tanto as questões de impermanência do grafite nas ruas quanto a fase negativa mundial. Cobre pensando no que será revelado daqui a muitos anos fazendo uma espécie de arqueologia do futuro.

 

obras

 

múltiplos

 

vídeos

 

graffiti & site specific

 

exposições

MATRIARCA.jpg

Em 2010, Toz conheceu Insonia. Poderíamos dizer que fora criado, mas suas implicações na obra do artista são tão profundas que parecem ultrapassar aquele que o revelou, levando-nos a crer em uma possível existência mitológica a priori dessa criatura, com vontades, ambições e humor próprios. 

Insonia, que cresceu e aos poucos foi mostrando seu povo e sua cultura. Gradativamente expressando-se na pluralidade de suas aparições, é um personagem análogo ao imaginário de diversas tradições

Felippe Moraes

toz, cultura insonia

caixa cultural - rj e recife

2018/2019

umportodos_todosporum.jpg

Esta exposição traz o conceito da democratização da arte, a fim de torná-la acessível aos que sempre sonharam em ter um trabalho do artista e iniciar sua coleção. A arte em pequenos múltiplos, acessível a todos. A obra deixa de ter seu caráter único e exclusivo e passa a ser compartilhada, sendo todos múltiplos assinados e numerados.

Isabel Sanson Portella, curadora

um por todos,

todos por um

dezembro/2014

Selecao_Natutal_180_150.jpg

É tempo de alegria, de luz e liberdade na obra de TOZ!

Deixar a Insonia e as cores da noite e acordar para a claridade ensolarada, é a nova proposta desse artista que brinca com a poesia a cada traço. O Vendedor de Alegria chega como quem acende uma chama, iluminando, para lembrar que a alegria é possível, simples assim.

Isabel Sanson Portella, curadora

vendedor de alegria

abril/2012

Toz_Familia.JPG

Tomaz Viana, o Toz, é filho de uma geração que colecionou bonecos de Falcon e Playmobil, Fofoletes e Ursinhos Carinhosos. Quem foi criança nos anos 1980 conheceu o tempo que inventou os mascotes sintéticos, muito antes do advento do Tamagoshi e dos animaizinhos virtuais de FarmVille. Já crescido, Toz criou companheiros feitos com tinta spray, que são seus alteregos e traduzem estados de espírito e preocupações existenciais, quase filosóficas.

Daniela Name, curadora

em família

abril/2010

povo insonia I.jpg

No início era mais outro personagem de Toz: o Rei Insônia, figura da noite nascida das inquietações do pintor que naquele momento perambulava com coração desassossegado pelo cenário urbano noturno. Desse marco zero foi gerado um povo inteiro, criaturas sem face cujos olhos de vigília tomaram obsessivamente o universo do artista. A inspiração torna-se então exigente a ponto de demandar a corporificação da própria materialidade. Os personagens saem das telas para ganhar a tridimensionalidade dos corpos emprestados dos manequins. E mais: recebem um passado com história a ser contada, tradições, mitos, ritos.

Anna Paola Baptista

povo insonia

museu chácara do céu - RJ

2017/2018

METAMORFOSE.jpg

Ao nomear sua exposição Metamorfose, Toz certamente quis ir além das mudanças da noite para o dia, da escuridão para a luz e as cores. Insonia e Vendedor de Alegria nos dizem muito mais do que isso. Falam, assim como o escritor Kafka, de solidão, de procura, mas também da euforia, da liberdade.

Isabel Sanson Portella, curadora

metamorfose

centro hélio oiticica - rj

março/2014

1.jpg

O Submarino e a Galeria Movimento apresentam a exposição #SubRocks. Em parceria com o Rock in Rio, o Submarino reuniu o grupo de artistas Toz, Br, Piá e Tinho para imprimir sua arte em diversos painéis grafitados junto ao público do maior festival de música do mundo. As obras serão leiloadas através do site Submarino e toda a receita será doada ao Projeto Social Rock in Rio.

#subrocks,

por um mundo melhor

outubro/2011

caleidoscopio.jpg

Unidos pelo curso de design gráfico e pelo grupo carioca FleshBeckCrew, os artistas Toz e Br encontraram uma forma de expressão que os caracteriza e une, sem que a identidade individual seja prejudicada.

Nesta exposição o público tem a oportunidade de visualizar o mundo encantado de cores, telas e desenhos que eles criaram juntos.

conversando calado

julho/2009

21.jpg

Um dia o artista está em seu atelier, certamente indignado com toda a lama em que o mundo está submerso, indignado com a lama de Mariana, e com a atual conjectura, e com toda a pilantragem generalizada, e num momento de plena entrega gestual esfrega massa corrida por cima de telas prontas extremamente coloridas e enormes, de Shimus e Ninas sorridentes, de balões e vasos coloridos. Esfrega sobre o mundo colorido a massa branca, preta ou cinza, cor da lama da poeira cinza da cidade.

Fernando de La Rocque, curador

risco

março/2017

TOZ_CapaContraCapa.jpg

É impossível não notar, da Sociedade Hípica Brasileira, no Jardim Botânico, até as ruínas do Complexo Penitenciário Frei Caneca, no Centro, os paredões grafitados por Toz. A Galeria Movimento foi palco do lançamento do livro "Toz - traço e trajetória", que conta a história do artista urbano Toz e seus principais trabalhos.

traço e

trajetória

março/2013

IMG_1787.jpg

Com o intuito de caracterizar um personagem e levar o visitante para dentro de seu mundo, Toz criou a instalação "Insonia" que conta com a trilha sonora exclusiva feita pelo DJ Rafael Droors.
"O Insonia é inspirado nas noites perdidas. Ele mora numa floresta no lado mais negro da cabeça da Nina", explica o artista que foi influenciado por um estilo de vida noturno. 

insonia

dezembro/2010

3.jpg

Toz transforma de muro em muro a cara da cidade .

Nina, Shimu e BB Idoso, personagens de sua invenção, ganham cores, formas e cenários espalhados pelo Rio de Janeiro. A exposição "entre nós" é o motivo que Toz criou para dar vida aos seus personagens com referências na cidade onde o baiano vive e se inspira.

entre nós

outubro/2008

Galeria Movimento Arte Contemporânea

Av. Atlântica, 4240 | 212-213 | 22070-002

Copacabana | Rio de Janeiro, RJ

Telefone 21 2267-5989

WhatsApp 21 97114-3641

contato@galeriamovimento.com

Horário

Terça a Sexta - 11h às 19h

Sábado - 12h às 18h

Redes Sociais

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2018 Galeria Movimento All rights reserved